A beleza como espelho de felicidade





Na nossa sociedade a beleza é muito sobrevalorizada e uma ferramenta poderosa na conquista da felicidade. Pessoas atraentes têm mais hipóteses de ter sucesso profissional e de arranjar um parceiro bonito do que as pessoas consideradas menos bonitas, logo são mais felizes. Será que são mesmo?
Até os bebés são capazes de distinguir caras bonitas de caras menos bonitas! Numa experiência foi concluído que os bebés de três a seis meses olharam significativamente durante mais tempo para pessoas consideradas atraentes.
O culto do belo é algo que vem de um longo caminho: no antigo Egipto, os adornos, tais como a cosmética, os óleos, as perucas e as jóias eram utilizados como forma de protecção física e espiritual. O uso de maquilhagem protegia os olhos de doenças, os óleos protegiam a pele, as perucas evitavam epidemias e as jóias constituíam protecções espirituais. Cleópatra banhava-se em leite por acreditar ser fonte de juventude. Já na Grécia, o homem de corpo atlético era a perfeição.
À medida que envelhecemos, a pressão que as mulheres, principalmente, sentem para manter um visual jovem e bonito aumenta bastante e pode "minar" a felicidade.
Com toda a informação a que estamos sujeitos hoje em dia, vemos celebridades que aos cinquenta anos parecem ter vinte, assim como muitas outras que se submetem a cirurgias que as transformam em outras pessoas ( como vimos há dias com Renée Zellweger ), tudo em prol de uma perfeição que não existe.
Lógico que envelhecer é um tanto ou quanto assustador e ver o nosso rosto a ganhar outros traços pode ser angustiante, mas temos de perceber que o que somos não é só um corpo bonito que inevitavelmente irá envelhecer. Quando nos olhamos no espelho temos de ver mais que um reflexo, temos de ver a nossa alma, o brilho dos nossos olhos enrugados e os momentos por que já passámos e que construíram a pessoa inteira que somos hoje.
Para sermos mais felizes, precisamos de ter uma auto imagem positiva e uma auto confiança inabalável que só chega com a idade e em alguns casos, infelizmente, nunca chega. O avançar do tempo também nos ensina a nos conhecermos melhor e a nos dedicarmos mais aquilo de que realmente nos faz sentir felizes, pois ser bonito não garante maior felicidade.
A chave para a felicidade é não nos compararmos constantemente com os outros, haverá sempre alguém mais bonito, mais jovem e mais rico que nós. É não pensar sempre que mais é melhor e sim apreciar e cuidar daquilo que temos.
No fundo devemos ser gratos pelo que somos e temos, pois como há gente muito melhor, também há gente muito pior. Valorizar a nossa imagem, aquela que não é de todo perfeita mas a única que temos e cuidar dela o melhor possível. Assim como Bobbi Brown citou: " Beleza não é perfeição, mas sim celebrar a individualidade.", sendo que para mim, é o que nos diferencia dos outros e nos torna especiais!

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

0 comentários:

Enviar um comentário