Coisas que me tiram do sério....





Se há coisa que me tira do sério é estar numa caixa do supermercado para pagar e a pessoa atrás de mim está, literalmente, encostada a mim ou mesmo em cima de mim.
A falta de civismo da maioria das pessoas é algo que me transcende, é que começo logo a sentir uns suores frios a percorrerem-me o corpo...
A maior parte das vezes tento manter-me serena e não descer do salto, pois normalmente são pessoas idosas que têm este tipo de atitudes, mas a coisa muda de figura quando se trata de um bando de adolescentes com as hormonas aos saltos.
Estava eu numa caixa automática do Continente a pagar as minhas compras rápidas, quando de repente, tenho um grupo de adolescentes em cima de mim com pacotes de batatas fritas e entrarem-me pelos olhos e garrafas de coca cola a fazerem-me massagens nas costas, enquanto comunicam entre si num dialeto estranho ao meu vocabulário. Pois bem, acho que nem a pessoa mais calma conseguiria manter a postura numa situação destas!
Soltei a baiana que há em mim automaticamente, às vezes a falta de civismo combate-se na mesma moeda. Não consegui evitar de os mandar desamparar a loja, já nem conseguia pensar com clareza.
Sorte a minha que uma funcionária se apercebeu da situação e veio ao meu auxilio, senão não sei qual seria o desfecho da história.
Começo a ter um historial de "barracos" em supermercados, infelizmente não é a primeira nem será a última vez que isto me acontece. Chegada a época natalícia, este tipo de situações triplica, assim como levar com carrinhos de compras nas pernas, outra coisa espetacular e nada irritante.
Muita calma nessa hora.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

8 comentários:

  1. Realmente! Mas pior ainda é no Pingo Doce, Lidl ou no Mini Preço (felizmente vou pouco a estes dois e só para comprar algumas coisas que não há noutros lados, porque nem sequer são mais baratos) onde as próprias empregadas quase nos apontam uma arma para fazer voar mais depressa as compras pelo tapete fora. Fico ursa! Já as avisei várias vezes. Não pagamos pouco pelas coisas, só faltava andar a toque de caixa. Por isso prefiro o Supercor, é um sossego e não propriamente mais caro ao contrário do que muita gente acha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço o Supercor, não deve existir aqui nesta zona. Nunca vou ao Mini Preço nem ao Pingo Doce ( armei tamanho barraco lá que nunca mais lá pus os pés ), vou de vez em quando ao Lidl e só costumo ter problemas no Continente. Lotação esgotadíssima :)

      Eliminar
  2. Amazing!!! And you have a great blog. Let me know if you want we follow each other by GFC, bloglovin', google+, etc. I hope so: I'll follow you back!!! Have a nice day!!!

    *Keep in touch ;)
    ABSOkisses!!! Fanny J. ABSOmarilyn

    Google+ | Facebook | Instagram | Twitter | Bloglovin'

    ResponderEliminar
  3. Lol eu trabalho no Pingo Doce....e não tens noção das coisas que lá vemos...aquilo às vezes é de cortar os pulsos lol --'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho dúvidas, até eu já fiz lá um barraco que até tive vergonha de mim :)

      Eliminar
  4. Isso irrita-me tanto! Como se o facto de se encostarem a nós faz com que sejamos atendidos mais depressa. Que nervos! :)

    ResponderEliminar
  5. E quando resolvem "guardar" lugar na fila! Temos uma pessoa com cinco ou seis produtos na mão e de um momento para outro chega a "amiga" com um carrinho de compras cheio até cima ... Fico possessa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por incrível que pareça, felizmente, isso AINDA não me aconteceu :)

      Eliminar