O dia em que meti um anel no dedo e ele nunca mais saiu


Não, não estou a falar da aliança de casamento.




Desde que me conheço que tenho tendência a viver todo o tipo de situações bizarras, ou porque estou no lugar errado na hora errada ou porque sou uma azelha!
Numa das minhas visitas à feira de Lourosa, comprei um anel todo engraçado na "ourivesaria C" : prateado e com uma pedra grande. Tchei, que jóia, que vistão :p
No sábado passado saí com ele no dedo e lá fomos nós espalhar magia por terras de Santa Maria.
Quando chego a casa tenho por hábito descartar-me de todos os kits, pois só assim consigo dormir mais descansada. Não consegui tirar o anel, parecia colado ao dedo e quase nem rodava. Lá tive de ir dormir com ele, já era tarde e pensei que o dedo tinha inchado derivado à quantidade de vodka digerida nessa noite.
Amanhã tiro, não há stress...
No domingo de manhã fiz mais uma tentativa de me livrar do anel com água e sabonete, costuma resultar mas não desta vez. Começo a entrar em pânico: e se esta mer** não sai? Vou ter de andar com isto a minha vida toda?
Tentei acalmar-me e deixar para mais tarde a resolução do problema, outras tarefas se sobrepunham.
Chegou a noite e eu meti na cabeça que não ia dormir mais uma noite com o anel no dedo, entrou tem que sair. Peguei em sabão e água, esfreguei, rodei, puxei e nada. O.k. Alarme cerebral em luz vermelha. Fui buscar gelo para ver se o inchaço passava e depois reguei o dedo com azeite. Ou vai, ou racha, desta vez tem de sair: esfreguei, rodei, puxei, roguei pragas, senti suores frios, agarrei-me ao balcão da cozinha, puxei até sentir uma dor que me fez deixar cair uma lágrima pela cara abaixo e nada!
Pânico total: então e agora? Queres ver que vou ter de ir ao hospital por causa disto? Tipo aquelas mulheres que decidem dar prazer a si próprias com o gargalo de uma garrafa e depois têm de ir ao hospital porque não conseguem tirar a garrafa devido ao vácuo? Ai que vergonhaça.
Calma Sandra, pensa...
Lá tive de dormir sobre o assunto e mais uma noite com o anel e na segunda de manhã fiz mais uma tentativa frustrada. Com a minha insistência em tirar o anel à força toda o dedo inchou ainda mais e já nem rodava.
Em frente ao meu local de trabalho há uma fábrica de jóias e eu fui lá em desespero de causa pedir ajuda.
O anel teve de ser cortado do dedo e foi super rápido.
Simples, eficaz e todo o pânico vivido durante o fim de semana foi totalmente desnecessário se eu tivesse parado para pensar um bocadinho.
Se algum dia vos acontecer o mesmo, é só passar numa ourivesaria e pedir para o cortar. Boa? E se for uma peça de valor, eles reconstroem.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

2 comentários: