No mundo dos perfumes....





Há quem o escolha pelo momento, há quem o prefira de acordo com o humor e há quem seja fiel a um a vida toda. Eu escolho-o pelo cheiro e crio memórias com ele..... O Perfume!
Christian Dior em tempos citou: " O perfume de uma mulher diz mais sobre ela do que a sua escrita.", daí a escolha do nosso perfume ser de tanta importância.
O mundo dos perfumes é mais complexo do que aparenta e bem mais fascinante do que se suspeita, ou não seja eu, uma "cheirinhas". O mais antigo registo de embalagens de perfume data do ano 1000 a. C. e a origem do seu nome vem do latim per fume, que significa "através do fumo", pois os primeiros perfumantes eram baseados em incenso e feitos de especiarias e ervas.
O primeiro perfume moderno foi criado em 1310 para a rainha Elisabete da Hungria e continha uma mistura de rosmaninho, tomilho e essência de verbena em brandy.
A nossa tarefa de escolher um perfume torna-se um "bicho de sete cabeças", pois há milhares de fontes aromáticas e centenas de combinações possíveis: flores, frutos e plantas são as mais comuns, mas também podem ser extraídos aromas de resinas e raízes, sendo que um dos ingredientes mais curiosos é o ambergris ( vómito de baleia ). O ambergris é uma espécie de cera cinzenta regurgitada pelos cachalotes que adquire um odor adocicado e é usada para fixar os ingredientes dos perfumes. Blhec!!!
Hoje em dia é possível recriar o cheiro de praticamente qualquer coisa, graças a uma tecnologia desenvolvida nos anos 80 que usa um sensor para detectar, analisar e recriar o aroma de qualquer objecto. Chama-se Headspace e ajuda os perfumistas a encontrarem composições compatíveis com os cheiros que desejam integrar nas fórmulas dos perfumes. Isto quer dizer que os perfumes que estão tão em voga nos dias que correm, os low cost, não são perfumes com menos qualidade - mais caro não significa que seja melhor - o preço dos perfumes varia consoante os materiais e a concentração, mas é possível fazer uma fragrância excepcional por pouco dinheiro. Eu uso alguns da Equivalenza e estou muito satisfeita.
Hidratar a pele antes de aplicar o perfume ajuda a fixar o aroma e a difundi-lo melhor....
É normal perder a capacidade de cheirar o nosso próprio perfume, isto acontece porque o nosso nariz habitua-se ao cheiro. Isso não quer dizer que os outros não consigam cheirar o nosso perfume, portanto, nada de abusos na quantidade colocada. Ninguém quer andar a espalhar o enjoo por aí, pois não?
Para contrariar essa tendência, sou possuidora de vários frascos maravilha ( os da foto acima ), todos contendo poções mágicas e cheirosas para ir alternando consoante a minha vontade. Para mim, é completamente impossível manter-me fiel só a um: há todo um mundo de aromas deliciosos a experimentar.
"Onde uma mulher deve usar perfume?" alguém perguntou a Coco Chanel - "Onde ela quiser ser beijada."

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

0 comentários:

Enviar um comentário