As 50 sombras de Grey









Não costumo falar sobre filmes que não gostei, mas não podia passar ao lado da completa loucura que este filme despoletou nas pessoas, principalmente nas mulheres.
Nunca li nenhum livro, mas tive curiosidade em ver o filme e assim o fiz.
Penso que não preciso de contar sobre o que retrata, toda a gente já sabe ou faz uma ideia.
O único ponto positivo neste filme é a sua excelente banda sonora, tenho que admitir, muito bem conseguida.


Agora falemos dos personagens: Anastasia Steele e Christian Grey. Anastasia Steele é uma jovem de 21 anos que estuda literatura na faculdade. É virgem ( really?) e é daquelas pessoas que na vida real, não aquecem nem arrefecem. Se ela não tivesse cara de quem vai vomitar a qualquer momento, provavelmente já não seria virgem. Muito menos consigo imaginar que um empresário milionário consiga ver algo que o interesse nela.


Christian Grey é um magnata de Seattle que tem uma empresa de sucesso em que, e atenção, só trabalham mulheres que parecem saídas de um desfile da Victoria's Secret. Já para não falar que tem cara de cromo!!!!


O destino faz com que estas duas pessoas, de mundos totalmente díspares, se encontrem e daí se desenrola uma bela história de amor. Só que não.


Agora consigo perceber o porquê de tanta mulher insatisfeita neste mundo. Se o que querem para a vossa vida é um Mr. Grey, têm tudo para serem infelizes para sempre. Uma vida com um homem terrivelmente perturbado, mas que tem um jacto privado e um motorista/assistente/ pau para toda a obra, é realmente um sonho tornado realidade. Ao contrário.


Vejamos:
- Mr. Grey teve uma infância traumática porque foi abandonado pela mãe e depois foi adoptado por uma familia em que, uma amiga da mãe se aproveitou sexualmente dele, tinha ele apenas 15 anos de idade, sendo que foi ela que o iniciou no mundo do sadomasoquismo ( ou algo do género ).
- Mr. Grey diz logo a Anastasia que só quer dar umas fodas porque não é gajo de relacionamentos.
- Quando Anastasia lhe diz que é virgem, ele trata imediatamente de a disvirginar para depois fazer dela uma espécie de escrava sexual ( claramente é um gajo para manter..... ao longe ).


- Mr. Grey persegue a rapariga para todo o lado para a tentar convencer a assinar um contrato de submissão sexual ( nada creepy, ao contrário ) e pouco se importa com as repercussões na vida dela, nem com quem ela está, seja uma amiga ou a própria mãe, ele age sempre da mesma forma.
- Mr. Grey compra-lhe prendas caras, tais como um carro e simplesmente despacha o dela, porque é capaz de ela se iludir com isso e levar umas chicotadas.


- Mr. Grey embora seja um homem relativamente bem parecido, quando fala, é de uma pessoa se benzer. Como é que um magnata diz: " See you later babe's"? É que, obrigava-me logo a mudar de cidade para ter a certeza que nunca mais ouvia essa barbaridade!

Onde está a classe? Onde está o equilíbrio emocional? Já agora, onde está o sex appeal?


Falo por mim, mas se me aparecesse uma criatura destas à frente, juro que chamava a polícia e metia-lhe uma ordem de restrição. Credo, que medo!
Querem um conselho?
Peguem nos vossos dildos, nas algemas e nos chicotes e façam alguma coisa pelo relacionamento que têm. A galinha da vizinha é só melhor do que a minha, antes de vir parar à minha. Depois, é só mais uma....



Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

1 comentários:

  1. Li apenas o primeiro livro, mas não gostei da história (no mínimo é absurda), por isso também não me parece que vá gostar do filme. E lendo a tua opinião parece-me que o filme é fiel ao primeiro livro.

    ResponderEliminar