Os Pseudo-Amigos



Existem várias categorias de amigos: os amigos casuais, os amigos chegados, os melhores amigos e os pseudo-amigos! E o que são os pseudo-amigos? São aqueles amigos que, com o tempo, acabam por demonstrar que, afinal, não são amigos.
A amizade, assim como uma relação amorosa, tem de ser reciproca: o desejo de se tornarem amigos tem de ser mutuo.
Os pseudo-amigos, mais conhecidos por amigos falsos, são aqueles em que a amizade não é equitativa ou mutua.
Há dois tipos de pseudo-amigos: o amigo nas fases boas e o amigo nas fases más. O amigo nas fases boas é o tipo mais comum, é alguém com quem podemos contar quando tudo está bem e que desaparece assim que surge algum problema. É uma pena é que, um verdadeiro amigo, é aquele que nos acompanha em todas as nossas fases, mostrando-se leal à nossa amizade, tanto no bem como no mal. É mais ou menos como um casamento: na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, na alegria e na tristeza....
Este tipo de amigo é fácil de desmascarar, basta observar com atenção a forma como reage aos nossos pedidos mais simples de ajuda. Ele ouve quando falamos ou está mais preocupado com o que tem a dizer? Os pedidos mais simples são atendidos ou ignorados? Tem demasiadas desculpas para nos desiludir uma e outra vez?
Pior que o amigo nas fases boas, é o amigo nas fases más. Como é menos óbvio, este amigo faz um jogo psicológico tão perfeito que chega a ter o poder de nos destruir a auto-estima e impedir o nosso desenvolvimento pessoal. Ele gosta e precisa que tenhamos problemas, dando-nos sinais tanto óbvios como subtis, que não estará disponível quando tudo estiver a correr bem. É aquele amigo que tenta, directa ou indirectamente, sabotar a nossa vida.
Como desmascarar um amigo nas fases más? O mais simples é perceber que está mais disponível para nós quando as coisas estão a correr mal. Quantas vezes seguimos os seus conselhos e nos conduziram a situações desastrosas? Quando partilhamos com ele boas noticias, ele mostra-se zangado e revoltado ou até excessivamente ciumento, dando-nos, por outro lado, muito apoio quando estamos em baixo. Calunia-nos pelas costas numa tentativa de nos afastar dos outros, de os virar contra nós.
Livrem-se desta praga o mais rápido possivel, ninguém precisa de mais um problema na sua vida. Relações tóxicas não nos acrescentam nada e só nos cansam. Um amigo é alguém com quem nos sentimos bem, felizes e completos, sem medo de sermos o que somos só para não ferir susceptibilidades!
Um amigo quando se zanga connosco, vem-nos tirar satisfações, não vai fazer queixinhas aos outros e muito menos, aproveita-se da situação para desmantelar a nossa intimidade em "praça pública".

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

3 comentários:

  1. sei bem que tipo de gente falas, mas por acaso agora já os topo ao longe, são da pior raça, muito bons para os outros, mas depois se puderem usam-te e caluniam-te e querem passar sempre por meninos bonitos..
    de longe do tipo que mais odeio, e do tipo de gente que mais me fez mal, pois infelizmente costumam ser mt manipuladores e populares, tenho uma no trabalho e infelizmente na famila korror!!!

    ResponderEliminar
  2. Pseudo-Amigos são uma espécie que não faz falta a ninguém, mas que infelizmente existem às carradas ...

    ResponderEliminar
  3. E são tantos... amigos de verdade já são quase como uma espécie em extinção!

    ResponderEliminar