Bodas de Algodão





Faz hoje 1 ano que nos casámos...
Durante este primeiro ano de casamento, já tive vontade de me divorciar pelo menos umas duas vezes, ganhei mais doze cabelos brancos e vinte e quatro úlceras nervosas!
Tem dias que não o posso ver à frente e só me apetece ir comprar cigarros e não voltar, tem dias em que o tento rifar mas ninguém o leva e tem dias em que vê-lo é a maior alegria do meu dia.
Ele põe-me os nervos em franja: é demasiado sério, indeciso, pastelão. É também muito digno, respeitador e trabalhador. Sei que, embora me massacre com lições de moral e bons costumes e tenha uma predilecção em apontar-me defeitos, este homem faz tudo por mim.
Porque é que me casei com alguém tão aborrecido? Sei lá.
Há coisas que as palavras não conseguem exprimir!
Uma coisa eu sei: a minha casa, o meu lar, o lugar onde pertenço, fica onde ele estiver. Só com ele me sinto descansada. Entendem?
No dia em que descobri isso, tive a certeza que era com ele que queria casar....
 Um casamento não é um contrato que se pode rescindir a qualquer momento, é um compromisso, uma promessa de cuidado.
Talvez seja assim, por entre turbilhões de sensações, que encontramos a pessoa certa para partilhar a vida, mesmo com todos os defeitos que detestamos.
Uma relação real não é como nos filmes românticos que vemos: nada é perfeito e não somos felizes juntos para todo o sempre. Pelo menos não todos os dias. A rotina, o trabalho, as responsabilidades, a pressão da sociedade quebram quase toda a magia, é preciso ser forte para aguentar a tempestade e não desistir e é preciso aquele ingrediente invisível, que por muito complicada que a vida seja, ela avança e compensa-nos tanto. É aquilo que nos mantém juntos. Sem querer ser presunçosa, acho que se chama Amor!




Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

10 comentários:

  1. parabéns linda, gostei muito de ler sobre o teu amor, como todos os amores não é perfeito, mas pelo menos é sincero!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns :D adorei a tua descrição do amor; "aquilo que nos mantém juntos" ,perfeito, é mesmo isso, desejos das maiores felicidades para os dois.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Depois de ler essa descrição só me lembrei... mas será que ela casou com o homem certo? Será isso amor? Enfim.

    ResponderEliminar