7 Passos para encontrares o teu estilo


Como encontrar o nosso estilo? Miuccia Prada diria: Estudem! Têm de aprender!
Ninguém nasce ensinado e embora, no meu ponto de vista, o estilo é inato, também sei que se pode criar e desenvolver ao longo da vida. Afinal, não somos sempre iguais - os tempos mudam e o corpo também.
Assim sendo, seguem 7 passos que vos vão ajudar a encontrar o vosso:


1. Revisita: estuda a tua história
Uma mulher com estilo não é, de certeza, mais uma e ter estilo é ser igual a si própria. Como citou Alfred Hitchcock: " Ter estilo é plagiar a si mesmo".
Portanto, começa por revisitar a tua própria história! Faz uma retrospectiva do caminho que fez de ti o que és e antecipa onde queres chegar.
É difícil pensar numa mulher que tenha mantido o mesmo estilo a vida toda. Ao longo do tempo atravessamos várias fases até chegarmos a um estilo só nosso, pois é uma linguagem em permanente evolução.
Tenta perceber que contextos ou pessoas mais influenciaram o teu estilo, se estás confortável com a maneira como te vestes. Revive os momentos em que te sentiste mais bonita e feliz e visualiza o que tinhas vestido. Faz o mesmo com os momentos que preferias esquecer.

2. Pesquisa: recorta looks de revistas, lê livros, navega na Internet. Faz um dossier com tudo o que te inspira e que gostas
Este passo é tão divertido como trabalhoso. Põe mãos à obra e pesquisa, consulta o que tiveres disponível e guarda tudo aquilo que te faz suspirar. Organiza o teu livro de estilo!
Depois de recolhido o material, é altura de eliminar. Vai consultando o teu livro de estilo e vê o que ainda te agrada e o que deixou de ser interessante. Com o passar do tempo, vais ver que há coisas que já não fazem sentido e outras que continuam a tirar-te suspiros.
No fim vais olhar para essas imagens e encontrar um padrão. Tchanan: eis o teu estilo ;)

3. Inspira-te: encontra os teus ícones de estilo
Como em qualquer acto criativo, o estilo não surge do nada. É preciso ir buscar referências, por isso procura inspiração nos ícones de moda, no street style, nas it girls, na música, no cinema... uma das minhas referências é Audrey Hepburn no filme Breakfast at Tiffany's, adoro esse filme. Mais recentemente, Coco Chanel no filme autobiográfico. O Pinterest é do melhor que há. Não faltam fontes de inspiração.
A inspiração tem ligação directa com a tua personalidade. Com o teu estilo, passa-se o mesmo.

4. Olha para ti: descobre-te
É preciso termos consciência daquilo que a natureza nos deu e da nossa maneira de ser. Podemos ter a figura perfeita para um vestido tubo, mas se não nos sentirmos bem nele, nunca nos ficará realmente bem, simplesmente não liga. Temos de encontrar um estilo que não só se adapte ao nosso corpo, mas que também se adapte à nossa personalidade.
Tão importante quanto saber o que vestir é saber o que nunca vestir e a tua figura, a imagem que vês no espelho vai dar-te pistas infalíveis nesse aspecto.

5. Compara
Reúne tudo o que fizeste nos passos anteriores e compara, faz a triagem. Escusado será dizer que este é um trabalho longo - de dias, meses ou até anos.
Por esta altura já tens, certamente, uma noção do teu estilo ideal. Portanto, podes começar a instituir as tuas próprias regras e guardar as peças de eleição - aquelas que sabes que vais usar sempre e que nunca te deixarão ficar mal, seja qual for o estilo.

6. Limpa: organiza o roupeiro
Eu limpo o meu roupeiro, normalmente, a cada mudança de estação e recomendo que façam o mesmo. A fase da limpeza é uma espécie de "expurgação" - desfazemo-nos de todas as coisas inúteis, despropositadas ( lenços de ex-namorados ), feias, gastas ou simplesmente chatas que estavam a ocupar a nossa vida.
Depois de despachar todas as peças non gratas, o armário fica mais leve, espaçoso e arejado. Pronto para receber coisas novas.

7. Vai às compras
Uma tarde de compras pode ser tão relaxante como uma tarde no Spa, mas é imprescindível manter o bom senso e não comprar por impulso.
Seja como for, este passo é o culminar de todos os anteriores. É também o momento em que testamos os ensinamentos, provando roupa e fazendo combinações. É hora de aplicar a teoria, minha gente!
A verdade é que o estilo não se compra, logo, não é preciso ser-se rica para estar bonita ou ter estilo. Muito mais do que o dinheiro que se dispõe, é ter tempo e cabeça para tomar as decisões de compra acertadas.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

2 comentários:

  1. obrigada pelo teu comentário <3
    sim, costumo :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Adorei mesmo as tuas dicas! Por acaso a limpeza ao guarda-roupa eu já costumo fazer mas apenas 2 vezes por ano!

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderEliminar