Porque é que perdemos o raciocínio durante a época de saldos?




Por todo o lado somos seduzidos a comprar: "Aproveite já!", "Saldos", "Redução de preços" ou "Promoções".
Exemplo: Temos um posto de venda com um produto qualquer e é dado a escolher ao cliente adquirir um produto por 0.59€ ou um pacote de três por 1.99€.... muitos dos clientes optam pela oferta do conjunto de três, embora, na verdade, fique mais caro! Adquiridos à unidade, os três produtos custam apenas 1.77€. Porque é que tantos de nós caímos no conto da "promoção"?
Houveram investigadores que se deram ao trabalho de elaborarem um estudo com um tomógrafo de ressonância magnética para verificarem como é que as pessoas reagiam aos letreiros dos saldos. Aos testados foram postos uns óculos de vídeo, através dos quais, lhes eram mostrados vários tipos de produtos. Além do preço, muitos dos artigos traziam ainda a indicação "em saldo". O resultado foi que, ao observarem os produtos com a indicação promotora, uma parte do sistema de recompensa torna-se especialmente activo, enquanto outras áreas do cérebro que fazem parte do centro de controlo e da razão, apresentam uma actividade reduzida.
A palavra mágica "saldos", influencia inconscientemente a nossa actividade cerebral. A ideia de adquirir uma pechincha é tão atractiva ao nosso sistema de recompensa que até nos esquecemos de fazer contas.


O efeito é reforçado quando uma suposta redução no preço do produto, ainda vem acompanhada de letreiros como "último dia".
Quando se apela ao caçador de pechinchas que há em nós, a razão falha-nos!


Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

0 comentários:

Enviar um comentário