Vamos dançar?




Sou preguiçosa, é um facto. Como tal, odeio fazer exercício físico. Infelizmente. A mim nunca vão ver a correr no parque ou a andar de bicicleta. Nunca me vão ver num ginásio a fazer abdominais e a levantar pesos, até porque detesto ambientes de ginásio e gente fedorenta. Mas gosto de dançar....


São muitos os estilos e combinações da dança e todos possuem em comum a promoção da saúde física e mental. Os benefícios de dançar são imensos -  terapêuticos, culturais, sociais e educacionais.
A dança age involuntariamente na pessoa que a pratica, fazendo com que haja foco no movimento, desempenho, ritmo e percepção do corpo, influenciando o aumento da auto estima, pois durante esse tempo as preocupações são apagadas da nossa cabeça. É também, uma das actividades mais democráticas e que possibilita a participação de qualquer pessoa.
Em homenagem ao dia mundial da dança que se comemora hoje, desafio-vos a dar uns passinhos de dança, revelando todos os seus benefícios - tanto no corpo como na mente - se praticada regularmente:


Combate a obesidade e o excesso de peso
Dançar queima calorias e combate o sedentarismo. A quantidade de calorias que se queima varia de acordo com o tipo de dança praticada.

Faz bem ao coração
Cada vez que dançamos, estamos a fortalecer o sistema cardiovascular. A dança, quando praticada regularmente, ajuda a diminuir o ritmo cardíaco, a pressão arterial e o nível de colesterol no sangue.

Fortalece o sistema muscular
Melhora a postura e diminui as dores de costas, uma vez que também melhora a flexibilidade. Dependendo do tipo de dança que praticares, irás fortalecer diferentes tipos de músculos e articulações.

Faz bem à memória
Segundo uma pesquisa publicada na revista "New England Journal of Medicine", dançar pode melhorar a memória e prevenir a demência. Esse mesmo estudo revelou que pessoas com Alzheimer são capazes de lembrar de factos esquecidos quando voltam a dançar as músicas de quando eram jovens.

Melhora o equilíbrio
A prática regular favorece a coordenação motora e o corpo passa a movimentar-se com mais ritmo e agilidade.

Combate o stress
Dançar diminui a tensão muscular e proporciona um relaxamento dos músculos. Por isso, acaba por funcionar como uma válvula de escape em que toda a tensão acumulada é libertada.

Proporciona felicidade
Dançar diverte. É uma forma de terapia. Se observares uma pessoa enquanto ela dança, certamente verás um grande sorriso no seu rosto.

Vamos dançar?



Para quem é de Oliveira de Azeméis, não se esqueçam de ir assistir ao espectáculo de dança da Meia Ponta esta noite às 21h30m, no Cine Teatro Caracas.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

2 comentários:

  1. eu prefiro dançar a fazer exercício físico.. adoro!
    beijinho
    Beleza De Mulher e Mãe
    Facebook

    ResponderEliminar
  2. Adoro dançar! Acho que não há dia que não dê os meus passinhos!

    ResponderEliminar