Não ao abandono de animais



O número de cães e gatos que nascem na rua cresce na mesma dimensão que o número de animais que são abandonados, depois de serem adoptados.
Custa-me tanto perceber como é que uma pessoa consegue abandonar um animal de estimação. É de uma crueldade atroz!
Uma pesquisa internacional levou a cabo os comportamentos que levam os donos de animais a abandoná-los.
Se mudasses de casa, o que farias com o teu animal? Somente 41% dos inquiridos afirmam que levariam o animal consigo. E os restantes?
14% colocou a culpa na mudança de casa
67% respondeu que ele morreu
5% que foi envenenado
2% que foi roubado

Outras causas de abandono:
14% mudei-me e não o pude levar comigo
3% não tinha tempo para cuidar dele como gostaria
3% ele perdeu-se
2% tive de deixá-lo porque o comportamento dele era inadequado
2% tive de deixá-lo porque nasceu o meu filho
2% tive de deixá-lo porque um membro da família era alérgico
1% tive de deixá-lo porque era muito caro

Também abandonariam um filho?

Muitos deixam-se levar pelo impulso momentâneo e depois de um tempo, não sabem o que fazer. 14% dos inquiridos explicam, como se pode ver acima, o abandono com motivos que poderiam muito bem ser evitados.
Além de muito amor e carinho, os animais precisam de cuidados diários, passeios, limpeza, alimentação...
Adoptar um animal não é brincadeira e muito menos um brinquedo que se pode meter fora quando já não interessa. Exige amor, paciência e muita responsabilidade.
Actualmente, abandonar ou maltratar animais é crime. Não deixem de denunciar se tiverem conhecimento de algum caso.
Os animais são seres como nós, com sentimentos e dores e merecem ter uma vida digna e feliz.
Antes de adoptarem, pensem bem.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

2 comentários: