Como identificar uma amizade tóxica



Li algures que pessoas com pais separados, conseguem identificar com maior facilidade pessoas desleais. Porquê? Porque são mais observadoras e conhecem bem os comportamentos de quem tenta enganar.
Essa característica ou habilidade é usada em vários tipos de relações, como por exemplo, os amigos tóxicos.
As amizades desempenham um papel vital no nosso bem-estar físico e emocional. No entanto, é preciso saber reconhecer os bons e os maus amigos. As mulheres são, geralmente, mais propensas a atrair relacionamentos tóxicos.
Pessoas tóxicas podem arruinar por completo a nossa auto-estima e inundar a nossa vida de emoções negativas. Fazem-nos sentir insegurança, revolta, medo, culpa, entre outros e igualmente destrutivos.
A pergunta que se coloca é a seguinte: por que razão mantemos uma relação que nos faz mal, quando podemos ter outras positivas?
Frequentemente, em amizades tóxicas, existe uma fase de sedução, onde o "tóxico" procura extrair o máximo de informação e mostra altos níveis de interesse e simpatia. São pessoas encantadoras e causam boa impressão, só que, não mostram empatia pelos outros e não sentem remorsos pelas consequências dos seus actos.
Criam algum tipo de dependência, por exemplo, tentando estar presentes nos momentos importantes, recorrendo ao mesmo tempo a boatos, intrigas e difamações. Mostram-se indiferentes ao magoar ou maltratar alguém e culpam os outros. São pessoas que carregam consigo a manipulação, o julgamento, a critica, a exigência, a competição, o ciume e a inveja. Como tal, é só isso que têm para oferecer aos outros.
Já alguma vez te sentiste tensa com alguém que quase nem conheces? O nosso instinto avisa-nos logo que não é pessoa para criar laços, mas, normalmente, temos tendência a dar o beneficio da duvida e depois vemo-nos num labirinto difícil de voltar a sair. Ficamos a pensar se fizemos alguma coisa de errado para essa pessoa se transformar, pois era tão nossa amiga.... não se iludam, nunca foi!
Está provado que pessoas tóxicas podem tirar-nos a saúde e já temos tanta coisa a tratar disso, não precisamos de mais.
Se começarem a desconfiar ou a estranhar certas atitudes, abandonem o barco antes que se afunde.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

8 comentários:

  1. Por acaso penso que tenho um sexto sentido para estas pessoas, consigo perceber normalmente quem é ou não de confiança ou quem nos vai prejudicar.

    Marli, do My Own Anatomy ♥

    ResponderEliminar
  2. Realmente sou filha de pais separados e a verdade é que já por várias vezes me apercebi quase de imediato que aquela determinada pessoa não era de confiança :)

    Beijinho

    Lina Soares
    http://trintaporumalinhanoticias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ;) Às vezes basta estarmos mais carentes para não nos apercebermos. Nem sempre consigo ver à primeira. Beijinho

      Eliminar
  3. Por isso mesmo é que sidero que só devemos confiar nas pessoas quando nos dão motivos para tal!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é que elas dão-te motivos para confiares.... mas depois!!!!!

      Eliminar
  4. Tive uma amiga muito tóxica durante alguns anos, assim que a minha vida mudou (para melhor) começaram as confusões, em vez de ficar feliz por mim, quase que me infernizou a vida...

    ResponderEliminar