Acho que cheguei à menopausa social



Como se chega a esta conclusão? Quando aquelas coisas que costumavas achar divertidas, aborrecem-te de morte!
Chegou um pedaço mais cedo do que esperava, mas ela está aí. Cheguei à menopausa social.
Tenho a certeza que esta onda da kizombada e outros ritmos igualmente bizarros e infernais aceleraram o processo, mas os sintomas são certos e incluem o seguinte:
 - O ambiente sufocante dos bares que me obriga a tirar quase a roupa toda e ficar com ela nos braços, sem saber o que fazer.
- A grande mistura de cheiros no ar, algo como: fritos, refogado, Printil e outros perfumes rascos que cheiram a mata-moscas, assim como aqueles cheiros intensos de aromas "afrodisíacos" comprados numa feira mística qualquer que gritam desespero, cheiro a tasco, a vinho, a cavalo e a cinzeiro. Tudo junto no mesmo micro espaço, sem ventilação. Matem-me já e acabem com esta agonia!
- Ir a um restaurante da moda e não conseguir ouvir uma palavra do que a pessoa que veio comigo está a dizer.
- Acordar no dia seguinte e andar todo o dia feita zombie, sem nem conseguir pensar direito.
- As dores ( nos pés e nas costas ).
- Não conseguir ver um palmo à frente do nariz, por causa das luzes ofuscantes que circulam a sala.
- Os olhos lacrimejantes e o nariz cheio de macacos secos.
- Estar num sitio onde a única coisa que consegues fazer é pestanejar, qual sardinha enlatada.
- És sempre abordada por um homem ou mulher alcoolizados que te tentam passar a mão, enquanto dizem qualquer coisa ordinária. A sorte é que, como a visão deles está comprometida, a mão passa quase sempre ao lado e tu consegues desviar-te a tempo.
- Os amigos da noite.... ah, os amigos da noite. Aquelas pessoas que só encontras na escuridão e que fazem questão de massacrar o teu cérebro com palavras de apreço. Eles adoram-te, mas só até o sol raiar.
- A percepção que todos os tópicos anteriores não te acrescentam nada e só te cansam. E, encontras-te ali no meio a perguntar-te porque razão não ficaste em casa.

Chama-se a isso crescer e passar a outra fase da vida.
Não faz mal se não gostas mais deste tipo de programas. A menopausa social abre espaço para novas vivências. Talvez encontres hobbys bem mais gratificantes. Talvez passes a sentir-te mais saudável. Talvez aproveites melhor os teus dias e a tua casa.
O que é complicado é quando começas a sentir essa mudança antes dos outros, do teu grupo social. Nem toda a gente compreende. Passas a ser chamada de chata e cortada, frequentemente, e, por fim, começas a ser deixada de parte. A menopausa social pode ser solitária porque te força a isolares-te. Tu sais, mas vais para casa cedo.
A verdade é que nada de bom acontece depois das duas da manhã, pelo menos para mim!

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

7 comentários:

  1. palavras para quê ?! É a realidade ;) mas a forma como o dizes é : HILARIANTE :) :) :)

    ResponderEliminar
  2. Quando comecei a trabalhar isso acabou com os meus fins de semana e senti-me a ser muito posta de parte. No fim de semana passado estava livre e pensei ir sair um bocadinho visto que tinha oportunidade... A verdade é que me arrependi passados nem 5 minutos e só pensava em voltar para casa. Não acho que esteja a ficar velha, apenas acho que tenho outras prioridades que me preenchem muito mais! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente, é mesmo uma questão de prioridades. Beijinho ;)

      Eliminar
  3. :) comigo o problema é o sono, não consigo ficar acordada até à hora em que começa, a última tentativa que fiz acho que desisti pelas duas da manhã :)

    ResponderEliminar
  4. E entretanto, Feliz Natal!
    um beijinho
    Gàbi

    ResponderEliminar