Não tenho pachorra para gente falsa



Quando é que aconteceu? E porquê?
Parece normal e aceitável a falsidade!
Já chega de pessoas que batem no peito, fingem ser encantadoras e amáveis, quando, afinal, não passam de intrujonas. Não há aparência que dure a vida toda e eu estou sem paciência para quem finge apreciar-me.
Não suporto meios sorrisos, palavras ao acaso, caras de cú ou atitudes premeditadas.
Ninguém é obrigado a gostar de nós, mas todos temos o dever de manter o respeito pelos outros. Não gostar de alguém é normal, eu também não gosto de muita gente. Mas ser maldoso, falso e desleal é desprezível.
Não devemos aceitar falsas demonstrações de estima de quem sabemos não gostar de nós, de quem adora puxar tapetes, de quem faz questão de falar mal nas nossas costas. Não devemos pactuar com arrogantes, infelizes que fingem ser boas pessoas, tão decorosas, que não se importam com os outros e, se puderem, ainda passam por cima.
Há coisas e pessoas. Coisas são diferentes de pessoas, mas muitas pessoas não passam de coisas. Coisas que não valem a pena. Não valem o nosso tempo. Coisas que não nos acrescentam nada ou expiram com o tempo. Não valem o desvio no caminho, o nosso comprometimento, não valem o esforço.
Ao meu lado só está quem tem brilho de verdade no olhar. Santos do pau oco eu deixo para enfeitarem altares!

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

2 comentários:

  1. Olha, eu também não. Nenhuma! Por isso é que o meu círculo é tão restrito.

    ResponderEliminar
  2. Respirar fundo e seguir em frente. Não perder tempo com pessoas que não merecem o nosso tempo! Beijinhos*

    ResponderEliminar