Breve reflexão sobre as pêgas




Não gosto de pêgas. Aliás, abomino-as. Não só porque, normalmente, só gostam de se meter com os maridos das outras ( para competirem e se sentirem melhores que a "legítima", mesmo que não a conheçam de lado nenhum e a pobre só esteja a fazer a sua vidinha, sem a mínima noção do que está a acontecer nas suas costas ), mas também porque uma pêga diminui o valor de todas as mulheres!
Umas são pêgas a sério e são pagas pelos seus serviços, já outras aproveitam a onda do "empoderamento" feminino, para se comportarem como tal.
Afinal, o que importa é ser feliz, não é? Independentemente da vida ou dos sentimentos dos outros.
Eu bem as vejo, todas revoltadas nas redes sociais a queixarem-se da sociedade, que ainda é tão machista e cheia de julgamentos, por cima de uma foto a mostrar bem "os atributos" físicos.
As pêgas oferecem-se de bandeja e, por consequência, tornam difícil a todas as mulheres, construírem relações duradouras e significativas com os homens. Embora vivamos numa sociedade do cada um sabe de si, a verdade é que ninguém gosta de pêgas, nem elas próprias! Porque será? É como estar a olhar para um espelho e o que é reflectido, não é bonito de se ver.
Uma mulher não tem as mesmas oportunidades aos 35 ou aos 40 como terá aos 25, especialmente se quiserem ter filhos, assim como as escolhas dos homens serão mais selectivas com o avançar da idade e certamente não escolherão uma pêga para sua esposa. No entanto, podem continuar a divertir-se com elas enquanto a sua esposa trata da sua roupa, lhe faz a comida que ele gosta, cuida da casa e dos seus filhos e, ao fim do dia, ainda ouve as suas criticas e lamentos.
Parece justo? Não. E não é. Contudo, há mais compaixão por quem pula a cerca do que pela pessoa traída. "Ah e tal, o casamento deles já não andava muito bem, acontece"... e claro, cabe a uma pêga acabar com o resto, " iludiu-se, coitadinha, pode acontecer a qualquer uma". Não, não pode.
Parece que poucas pessoas sentem a obrigação de honrar com os seus compromissos, mas só até as coisas se inverterem e os pecados dos outros as afectarem directamente.
Uma mulher traída, dificilmente será tão compreensiva com a sua rival como o é com uma amiga ou conhecida que se envolva com um homem casado. Tão pouco, um homem casado que pula a cerca, perdoará uma traição da sua mulher. Aí já não cabe o cada um sabe de si. O mais certo é cair o carmo e a trindade!
Querem um homem só para se divertirem? Há muitos livres e libertinos por aí. Querem um homem para vocês? Então sejam uma mulher.
O que é que ganham com isso? Oh, só um marido.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

0 comentários:

Enviar um comentário