Coisas que mulheres confiantes fazem diferente nas suas relações amorosas







Quem viu o filme " Como perder um homem em 10 dias"? Chorei a rir e revi-me em várias das peripécias de Kate Hudson, protagonista do filme. A diferença é que ela faz propositadamente, eu não!
Às vezes, relações desastrosas que assistimos na TV, são bem parecidas com as nossas. A minha relação com o meu marido também começou assim: um desastre. Porque eu era, e sou, um desastre. Dando um exemplo: uma vez, numa saída, ele pediu-me para eu lhe guardar o telemóvel na minha mala. Convém dizer que um telemóvel, em 1998, era um luxo. Eu guardei. Depois, a sair do carro, fechei a porta com toda a minha energia, sem me aperceber que estava a trilhar a mala na porta. Conclusão: esborrachei-lhe o telemóvel!!!!
Pensei, " e assim termina uma bonita história que podia ser de amor".... mas não, e as coisas foram acontecendo, asneira aqui, asneira acolá. O meu nome do meio é desastre, prazer. Acabei por lhe dizer que sou assim e é melhor que saibas logo como sou para depois não dizeres que foste enganado. Abri o livro, dei-lhe logo a lista daquilo que queria e não queria. É assim? Óptimo. Não é? Até à próxima.

As mulheres têm por hábito, aquando de uma relação amorosa, anularem a sua vida e os seus gostos para se adaptarem ao que acham que o seu companheiro espera delas. Erro crasso. Ao contrário do que os pseudo românticos apregoam, ter uma relação não é tornarem-se um só. São duas pessoas distintas, com vidas e gostos diferentes e que se complementam emocionalmente. Amar não é mudar o outro, é gostar dele tal como é ( e ter paciência com as coisas que não gosta ).
Acredito, sinceramente, que nenhum homem gosta de uma mulher sem personalidade, que está sempre disponível e diz amém a tudo. Um homem gosta de desafios!
Eis que vos desvendo as coisas que as mulheres com amor próprio fazem diferente das outras, nas suas relações amorosas:

Elas mantêm vida própria
Mulheres confiantes não ficam à espera de "instruções" do namorado ou que ele tenha tempo para elas. Não deixam de estar com os seus amigos ou ir às aulas de dança que tanto gostam só para estarem sempre disponíveis para quando o senhor quiser. Uma mulher com uma vida independente é sexy.

Não perguntam o rumo da relação
Fazer isso é assumir que o homem é que está no comando da relação. Podes ser tu a determinar esse rumo e não ele. Quem sabe se, com o tempo, não chegas à conclusão que afinal não era isso que idealizaste para ti? Ou ou contrário?

Elas pedem o que querem
Mulheres confiantes não têm medo que, ao pedirem o que querem ou mostrarem do que precisam, a relação possa terminar. Porque se isso acontecer, minhas amigas, lamento informar, mas estão bem melhor assim.

Não são ciumentas
Acontece-me, frequentemente, ter amigos que deixaram de conviver comigo ou me apagaram do Facebook, depois de começarem a namorar. Muitos, já nem sequer me cumprimentam na rua, a não ser que estejam sozinhos. É uma coisa que, por muito que tente, não consigo entender. A sério, não chego lá. É, no mínimo, bizarro!
Dá-me a sensação que não são relações seguras e que, ao mínimo abalo, já eram. Vou-vos explicar uma coisa: quando um homem quiser estar com outra mulher, ele vai estar. E depois, é preciso a outra parte querer também.
Ciumeira irracional é ridícula e só mostra fraqueza e instabilidade emocional. Não é atraente.

Não têm medo de por a relação à prova
Quando sentem que a relação está tremida, a maioria das mulheres engole tudo com medo de ser abandonada. No entanto, mulheres com amor próprio não têm problemas em expressarem frustração, raiva ou desilusão. E "pagam para ver" a reacção do companheiro. Exigem o que têm direito: serem amadas e respeitadas.

Não fazem publicações nas redes sociais a cada minuto
Tenho para mim que, pessoas que passam a vida a publicar fotos com a hashtag #love#amorparasempre#amo-te#amordaminhavida#whatever, têm problemas sérios! Tenho uma amiga no Facebook que se casou há 100 anos atrás e continua a aborrecer a malta com fotos do casamento e declarações de amor. Até dá pena.
Meu amor, isso foi a única coisa interessante e relevante que aconteceu na tua vida?
Mulheres confiantes não precisam da aprovação de "likes" sobre a sua relação ou outra coisa qualquer.

Não se culpam quando acaba
São precisos dois para dançar o tango.
Quando uma relação acaba, nada tem a ver com a vossa figura, alguma coisa que disseram ou algum defeito que acabaram de detectar em vós próprias.
Shit happens!

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

11 comentários:

  1. VÊS, publiquei mal o nome para provar que além de saberes tanto ... estás sempre atenta :p :P :p

    ResponderEliminar
  2. Que lição!
    É mesmo isso. Quando comecei a namorar com o E deixei logo claro que iria lutar por nós até ao limite mas nunca quando isso pusesse a minha sanidade e felicidade em causa. Se uma mulher se anula, não é feliz. E uma pessoa infeliz jamais fará alguém feliz.
    E espero que ele faça o mesmo. Acho que é por isso que continuamos frescos e felizes =)

    Ah, "como perder um homem em 10 dias" é um "clássico" entre as primas cá na família que vemos sempre quando estamos juntas =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que pensas assim e espero que continuem frescos e felizes :)
      Um clássico bem divertido. Beijinho

      Eliminar
  3. Não podia concordar mais :)
    Um beijinho grande*
    Novo blogue! Vinte e Muitos

    ResponderEliminar